Umãs: Creuza Pereira marca presença na tradicional Missa do Vaqueiro

Sob um sob um forte calor e diante a fé católica dos sertanejos, a comunidade do distrito de Umãs ainda festeja a tradicional festa do Bom Jesus. Neste domingo (31), a comunidade participou pela manhã, da concorrida Missa do Vaqueiro, na capela da vila, celebrada pelo padre Lourival. Mais uma vez, Creuza Pereira participou da celebração e foi acolhida com alegria por todos os moradores do distrito.

‪#‎Equipe4022‬

Vamos eleger a primeira deputada sertaneja
Juntamente do prefeito de Salgueiro, Marcones Libório.


Lula pode ser o candidato do PT a presidente. Dilma pode ser substituída até 15 de setembro

com a impressão de que o PT, ou parte do PT, está agradecendo aos deuses pelo ressurgimento de Marina Silva. Os petistas que não toleram a presidente Dilma Rousseff, que a avaliam como apenas meio-petista, há algum tempo que defendem a candidatura de Lula da Silva para presidente da República. A ascensão da candidata do PSB, que para muitos petistas é incontrolável, exceto se seu rival for Lula da Silva, pode mexer no tabuleiro das eleições. Sim, Lula pode ser o novo candidato do PT a presidente. A mudança pode ser feita até 15 de setembro, especialmente se Dilma Rousseff “despencar”.

O colunista “Paulo Sant’Ana, do “Zero Hora”, de Porto Alegre, publicou um artigo, “A volta de Lula” (quinta-feira, 28), que merece ser lido integralmente. O Jornal Opção transcreve-o abaixo.

A volta de Lula

Paulo Sant’Ana

O avanço da candidatura de Marina Silva nas pesquisas pode provocar uma pororoca na sucessão presidencial.

Diante das pesquisas que vêm dando como certa a eleição de Marina no segundo turno, ela que vem se distanciando nas consultas à frente de Dilma no segundo turno, eu posso prever a possibilidade de que o PT, amedrontado com a perspectiva de vir a perder o poder, pode substituir Dilma por Lula como candidato à Presidência.

Raciocinem comigo: se Dilma estiver prestes a ser derrotada por Marina Silva no segundo turno, o PT pode tomar uma providência urgente e estrutural, lançando Lula como candidato ao cargo.

Eu avalio Lula substituindo Dilma como candidato como uma bomba de nitroglicerina mais potente do que foi a morte de Eduardo Campos, que afinal catapultou Marina para a liderança dela nas pesquisas de segundo turno.

Eu falo nisso porque alguns políticos estão sendo desarquivados. Pedro Simon voltou espetacularmente a ser candidato ao Senado, depois de ter jurado que tinha abandonado a carreira política.

Com Olívio Dutra se dá o mesmo, mas não deixa de ser surpresa que o PT o tenha arrancado da cartola para evitar que Lasier Martins venha a ser eleito senador.

Tenho certeza de que, para não estancar as três últimas e consecutivas vitórias do PT nas eleições presidenciais, duas vezes com Lula e uma vez com Dilma, Lula não vacilaria em lançar-se no lugar de Dilma, num gesto desesperado para salvar a superioridade do PT nas eleições supremas.

Lula iria então alegar que estava a serviço do seu partido e Dilma seria convencida a declarar que dava lugar a Lula na corrida presidencial em nome de uma causa maior: a manutenção pelo PT do poder soberano na escala política nacional.

Se Lula fosse assim eleito pela terceira vez à Presidência, esse seria um fato inédito na história da República e os petistas saboreariam uma tal vitória como a maior de todas as glórias em sucessões presidenciais.

Esta minha cogitação flerta espetacularmente com a lógica, baseada estritamente num só ponto: a tentativa dramática do PT de se manter no poder e não dar lugar a uma derrota que poderia afastá-lo definitivamente do sonho de supremacia eleitoral em eleições presidenciais mais duradoura de todos os tempos.

Tomem nota disso em seus apontamentos e não sejam surpreendidos por essa reviravolta estupenda nas eleições.

O fato é que Marina Silva tem subido nas pesquisas como uma pirâmide em demanda do infinito.

Paulo Sant’Ana é colunista do “Zero Hora”.

Leitora do site vê preguiça em Marina da Silva

preguica_1Ao rebater a declaração de Marina da Silva que não pretende a reeleição e só quer trabalhar 4 anos, uma leitora do site disse que vê preguiça na candidata do PSB/Rede. ” Se fosse eu, disse a professora, queria mais 04 anos e trabalhar mais e mais.Querer trabalhar só por uma mandato é pouco, a pessoa precisa trabalhar todos os dias, por isso, vou votar em Dilma Rousseff que pretende trabalhar pelo Brasil“.Com um mandato, ex-presidentes têm direito à aposentadoria e assessores à disposição.

Lembramos que nos EUA, há reeleição, sendo os presidentes e ex-presidentes respeitados,historicamente.O segundo mandato não faz mal nenhum, sendo que um terceiro mandato, aí vira ditadura.

 

Escrito por Wilson Monteiro

 

Palavras de Magno Martins/Afogados da Ingazeira

Em Afogados da Ingazeira, onde inaugurou hoje o comitê conjunto com Tadeu Alencar, seu federal no município, Aline Mariano, minha esposa, candidata a estadual com o número 45555, tem um cabo eleitoral de peso: meu pai Gastão, 92 anos, ex-vereador por quatro mandatos, ex-vice prefeito. Vestiu a camisa de Aline e foi às ruas.

Em Afogados da Ingazeira, onde inaugurou hoje o comitê conjunto com Tadeu Alencar, seu federal no município, Aline Mariano, minha esposa, candidata a estadual com o número 45555, tem um cabo eleitoral de peso: meu pai Gastão, 92 anos, ex-vereador por quatro mandatos, ex-vice prefeito. Vestiu a camisa de Aline e foi às ruas.

Alunos foram liberados para ir a ato de Paulo Câmara/Blog do Magno Martins

Do JC Online – Carolina Albquerque – Beatriz Albuquerque

 No “encontro com a comunidade escolar” da rede estadual de ensino promovido pelo candidato ao governo do Estado Paulo Câmara (PSB), na noite da última quarta-feira (27), no Clube Internacional do Recife, alguns alunos relataram ter sido liberados mais cedo para chegar ao evento. Professores, estudantes e diretores de escola vieram não só de unidades da Região Metropolitana do Recife (RMR), mas também de vários municípios do Agreste ao Sertão.

O caso foi denunciado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por um professor da rede pública e encaminhado, ontem, ao Ministério Público Eleitoral. A reunião política foi organizada por uma comissão de seis pessoas, dentre as quais faziam parte gerentes regionais da Secretaria Estadual de Educação. 

Na denúncia contra a Frente Popular formalizada pelo professor, as gerências regionais de educação teriam liberado o ponto das aulas noturnas e convocado os alunos e professores para participarem da reunião promovida por Paulo Câmara. O PSB também teria articulado a locomoção até o evento, disponibilizando ônibus para buscar alunos e professores nas próprias escolas.

Aécio pode desistir do Planalto e assumir candidatura a governador

images-cms-image-000001138


 

Acaba de ser publicado no site Pautando Minas.

Aécio pode desistir do Planalto e assumir candidatura a governador

Informação é do coordenador de redes sociais do PSDB em Minas Gerais

A entrada em cena de Marina Silva, candidata do PSB à Presidência da República no lugar de Eduardo Campos, mexeu com o cenário eleitoral e já começa a reorientar as estratégias das campanhas adversárias. O senador Aécio Neves (PSDB), deslocado para o terceiro lugar pela ex-ministra do Meio Ambiente, pode ser, no entanto, o primeiro a adotar uma estratégia de alto risco político.

Segundo informações de bastidor apuradas pelo repórter Gerson Camarotti e publicadas em seu blog no G1, Aécio adotaria uma posição pragmática diante da queda na pesquisa nacional e das dificuldades de seu candidato em Minas, Pimenta da Veiga, 14 pontos percentuais atrás de Fernando Pimentel, nome do PT ao governo. Aécio teria de optar pelo pragmatismo e “mergulhar um período em terras mineiras”.

Segundo um cacique tucano teria dito a Camarotti, o partido teria chegado à conclusão de que “é preciso manter o espaço em Minas”. Para isso, poderia lançar mão de uma operação de alto risco: Aécio desistiria da candidatura à Presidência e assumiria a missão de impedir que os tucanos percam a máquina em Minas Gerais, de R$ 75 bilhões e 17 mil cargos comissionados.

Essa hipótese ganhou as ruas nesta sexta-feira, 29, por meio do coordenador de redes sociais do PSDB em Minas, Pedro Brandão Guadalupe. Em postagem no Facebook, Pedro Brandão diz que, “se Marina passar muito Aécio, ele sai, apoia ela, ganha no primeiro turno, e vira Governador de Minas Gerais (sic)”. Ele reconhece que não seria a melhor opção, mas garante que “já está certo o cheque-mate a qualquer momento no PT (sic)”.

- See more at: http://www.ocafezinho.com/2014/08/29/aecio-pode-desistir-do-planalto-e-assumir-candidatura-em-mg/#sthash.4Yv4bMDW.dpuf

“O santo é de barro”, diz Wilson Monteiro sobre a pesquisa publicada hoje

downloadConsiderando a força e a garra da militância do PT e daqueles que estão com Dilma e Lula, ainda é cedo para comemorar.É uma eleição nebulosa, conforme eu dizia ao engenheiro Adilson Gonçalves,ontem. Aí o professor da Universidade Santa Cecília respondeu: “coloca nebulosa nisso”. Mas o “já ganhou” antecipado é democrático.Lembrai-vos: ” O santo é de barro”.Nem Aécio Neves  está descartado. Escrito por Wilson Monteiro

Datafolha confirma: hoje, Marina seria eleita

A pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira confirmou uma tendência apontada, nesta semana, por outros dois levantamentos: um do Ibope, outro do instituto MDA, contratado pela Confederação Nacional do Transporte. Se as eleições fossem hoje, Marina seria eleita presidente da República, no segundo turno. Ela venceria a presidente Dilma Rousseff com dez pontos de vantagem, por 50% a 40%.

No primeiro turno, Marina tem 34%, empatada com Dilma, que tem os mesmos 34%. O tucano Aécio Neves, por sua vez, caiu para 15%.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Aécio, a petista venceria por 48% a 40%.  (Do Portal BR 247)

Segundo reportagem de Ricardo Mendonça, na Folha de S.Paulo, a pesquisa, finalizada nesta sexta (29) mostra a presidente Dilma Rousseff (PT) e a ex-ministra Marina Silva (PSB) numericamente empatadas na simulação de primeiro turno da eleição presidencial. Cada uma tem 34% das intenções de voto.

SEGUNDO TURNO

”No teste de segundo turno, Marina seria eleita presidente da República com dez pontos de vantagem em relação à rival: 50% a 40%.

Os dados mostram fortalecimento da candidatura Marina. Em relação ao levantamento anterior do Datafolha, ela apresenta melhor desempenho nas simulações de primeiro e de segundo turno –a pesquisa antecedente foi feita imediatamente após a morte de Eduardo Campos, o candidato que encabeçava a chapa do PSB.

No intervalo de duas semanas entre os dois levantamentos, Marina cresceu 13 pontos no teste de primeiro turno. Dilma oscilou 2 para baixo.

No embate final contra a petista, onde antes havia empate técnico no limite máximo da margem de erro, Marina foi de 47% para 50%, enquanto Dilma recuou de 43% para 40%.

O candidato do PSDB, Aécio Neves, caiu de 20% para 15% na simulação de primeiro turno. Num confronto final contra Dilma, ele perderia por 48% a 40%.

Juntos, todos os outros candidatos à Presidência somam 3%. Eleitores que pretendem votar nulo ou em branco totalizam 7%. Outros 7% estão indecisos.”

 

Muitos estão esquecidos das conquistas nos governos de Lula e Dilma/Wilson Monteiro

Dilma: “Todas as pessoas podem ser boas ou más, mas as boas pessoas podem não ter compromisso” – Foto: Estadão

 

Numa certa manhã eu conversava sobre a dádiva com o médico e vice-prefeito de Salgueiro, Luiz Carlos de Souza, o “Dr. Cacau” e o nosso vice prefeito pronunciou uma frase que estamos vendo no Nordeste e no Brasil: “A bondade é a véspera do desprezo”.

Levados por uma imprensa golpista e por elite que não suporta que os pequenos tenham oportunidades.levantam- se com xingamentos vergonhosos contra Dilma Rousseff. Desde que comecei a conhecer política, ainda nos tempos da Arena e MDB, eu nunca vi tanto desrespeito contra um Chefe de Estado, nem contra o ex-presidente José Sarney escarneceram como agora.É horrível o comportamento de leitores até graduados tornando as eleições 2014 nebulosas, sem a beleza de outras eleições com a empolgação do povo nas ruas.

L99D85325EE0A45B3B49305DC5A71D069Contradizendo as palavras de um parente nosso, minha mãe,83 anos, chegou a dizer que estão esquecidos de um tempo não muito distante.

Falam do Bolsa-Família por que não conhecem a ajuda para as mães das periferias sobre as mudanças que ocorreu no Brasil com este programa.A mulher inscrita no referido programa tem sempre o marido que trabalha em firmas, onde se o próprio trabalhador recebe capacitação como foi visto em Salgueiro e região com as obras que aqui chegaram.

Antes de falar que aquele que tem o emprego certo,conseguido através de concursos ou “pulando a janeira” precisa saber que a classe pobre é que paga melhor as compras,fortalecendo o empresariado.

Outra, Eu tenho que dizer as obras chegaram em Pernambuco foi através de Dilma Rousseff e Lula, sendo o ex-governador e prefeitos da região beneficiados por essa mudança que vem acontecendo no Brasil.

Não podemos em virtude de um ano eleitoral esquecer que Dilma e Lula são os mentores das mudanças ocorridas no País. Se há corrupção é porque agora os crimes são apurados, o que não acontecia antes.

Enumere,friamente,as obras e os programas que beneficiam o povo para que “A dádiva não seja a véspera do desprezo”. È hora de abrir os olhos,abandonar paixões por que o que as perspectivas que se apresentam no mundo são apocalípticas e o Brasil precisa  de responsabilidade,com discursos sem sonhos.

Escrito por Wilson Monteiro

 

Encontro de coordenadores e professores, refletindo e refazendo a prática pedagógica

Clique na foto para ampliar

 Foto: PMS

O programa “Formar Mais” vem sendo realizado durante todo o mês de agosto, oferecendo oficinas multidisciplinares com os professores da rede municipal, das séries infantis e do 1º ao 3º ano, trabalhando os conceitos de alimentação saudável, primeiros socorros, educação inclusiva e saúde da criança e do bebê.

Outros temas que estão sendo abordados são os de: ensino religioso, que tem o objetivo de reconstruir expectativas de aprendizagem significativas para a rede municipal de ensino, respeitando todas as diversidades de religiões e crenças; oficinas de práticas agrícolas, que incentivam viver e trabalhar no semiárido pernambucano exigindo qualificação, aprendizagem e reconhecimento de que o campo é um lugar privilegiado, rico em diversas áreas e saberes, bem como, dinamizando esses espaços dentro e fora da escola.

Clique na foto para ampliar

 Foto: PMS

Vale ressaltar que os coordenadores pedagógicos do 9º ano também participam, com o intuito de reforçar, fortalecer e dinamizar o fazer do coordenador pedagógico na escola.

Esse programa tem o apoio da Prefeitura de Salgueiro, com a realização da Secretaria de Educação. São parceiros dessa ação a Secretaria de Saúde e o Corpo de Bombeiros, com o objetivo de fortalecer e cuidar a educação infantil.

Pernambuco perde prazo e 2.832 famílias ficam sem moradia

Cehab e Caixa divergem sobre motivos do fracasso do programa Operações Coletivas no Estado


Giovanni Sandes

“É como se não existisse inflação para o governo federal”, diz o presidente da Cehab

Hélia Scheppa/JC Imagem

Em Goiana, Vitória de Santo Antão, Santa Maria da Boa Vista e na pequena Granito, entre outras cidades, há quatro anos 3.817 famílias com renda inferior a um salário mínimo esperavam casas da Companhia Estadual de Habitação (Cehab), pelo Programa Operações Coletivas. Só 94 receberam moradias. Outras 832 podem ou não conseguir. Mas 2.832 famílias, é certo, ficaram à espera do nada. A Cehab, do governo de Pernambuco, perdeu o prazo para usar dinheiro do programa, recursos do FGTS operados pela Caixa Econômica Federal (CEF), e desde o ano passado vem cancelando os contratos com as famílias. Este mês 612 foram descadastradas. A Caixa atribui o fiasco à Cehab, que alega, entre as razões, a inviabilidade financeira do programa.

As contratações ocorreram em 2010, um esforço coletivo: prefeituras e entidades civis cuidariam dos terrenos, o Estado dos projetos e a CEF do dinheiro e fiscalização.

O presidente da Cehab, Flávio Figueiredo, alega que no aspecto financeiro o programa era “muito apertado”. No início, conta, eram moradias isoladas construídas pelo próprio beneficiado e assistência técnica. A Caixa pagaria de R$ 6 mil a R$ 8 mil pelo material de construção e o Estado, de R$ 2 a R$ 4 mil.

Mas os terrenos cadastrados, em encostas e regiões sujeitas a alagamentos, eram inapropriados, alega Flávio. O foco então mudou para grandes habitacionais. Nessa etapa, diz o presidente, as prefeituras não conseguiram os terrenos, que precisavam ser maiores, e submetidos a exigências mais rígidas da Caixa Econômica. Sem área, os projetos não andaram e o que havia começado parou.

“Nessa etapa, tentamos buscar soluções que seriam aportar mais recursos do Estado para completar as casas, uma vez que os programas do governo federal não permitem a correção dos valores conveniados. Você contrata e o que passar, o reajuste, tem que ser pelo Estado, como se não existisse inflação para o governo federal”, afirma.

Os cadastrados começaram a processar a Caixa: amarrados ao programa, eram proibidos de tomar empréstimos e de cadastro em novos programas habitacionais. Pressionada, a Cehab rescindiu os contratos com as famílias e hoje tenta concluir 832 casas inacabadas.

“Politicamente, você imagina o que é chamar os prefeitos e dizer: ‘aquelas casas, que o senhor anunciou, não vão poder ser feitas porque o senhor não arrumou terreno, porque o governo federal não atualiza, não faz a correção dos recursos’. Foi difícil politicamente para a gente. Mas são decisões que precisam ser tomadas”, afirma.

A Caixa Econômica Federal (CEF) deposita na conta da Cehab o fracasso do programa Operações Coletivas. Por coincidência, em 2014 a Cehab registra sua pior execução de obras em cinco anos, diante de um Estado com um déficit habitacional de 230 mil moradias.

O banco se posicionou sobre o programa por nota: “A Caixa ressalta que os cancelamentos ocorreram porque a entidade Cehab não cumpriu com sua obrigação de executar as obras dentro dos prazos contratados. A Caixa informa ainda que concedeu as flexibilizações em termos de prorrogação dos referidos cronogramas.”

BAIXA EXECUÇÃO

Segundo o Portal da Transparência, a Cehab registra o pior nível de execução de obras desde 2009. De janeiro a agosto, este ano ela executou R$ 33,2 milhões em obras, bem abaixo do mesmo período de 2013, R$ 68,2 milhões, e de 2012, R$ 63,8 milhões. Por incrível que pareça, o resultado é no ano do maior orçamento da história da Cehab, R$ 336 milhões.

Flávio diz que a companhia está na “entressafra” de grandes obras, à espera da Bacia Fragoso II, de R$ 76 milhões.

“Historicamente, a Cehab tem alcançado um mesmo patamar de execução de 80% a 90% dos recursos estaduais de 20% a 30% dos repasses”, afirma. “A gente está tendo reflexo também do desaquecimento. Estamos tendo dificuldades financeiras. Não posso negar que este ano a disponibilidade está menor”, diz. “Mas a nossa meta é chegar, ainda no final do ano, no mesmo patamar dos  dos últimos três anos”, garante.

http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/economia/pernambuco/noticia/2014/08/28/pernambuco-perde-prazo-e-2832-familias-ficam-sem-moradia-142697.php

Conheça “Peixinho”, barbeiro e líder comunitário em Salgueiro/PE

1606876_282761791884169_1441235432_nEste é ‘Peixinho’‘, líder comunitário no Bairro Planalto, barbeiro, grande amigo de “Jeguinho” companheiro de trabalho.O problema de “Peixinho” é que só faço cabelo e barba com ele há mais de 20 anos, mas sempre ele se encontra na Mesa de Baralho. Os colegas gritam: ” O professor chegou, barbeiro vem cortar o cabelo

“Peixinho”, provavelmente, será candidato a vereador pelo PT e apoia Marcones Sá.

Escrito por Wilson Monteiro

Jorge: Se for eleito, vou extinguir salário de vereador/Blog do Magno Martins

eduardo_jorgeO candidato do PV (Partido Verde) à Presidência da República, Eduardo Jorge, afirmou nesta quarta-feira (27), durante entrevista ao vivo ao G1, que, se eleito, vai propor projeto para acabar com o salário dos vereadores em todo o país. Na opinião do candidato, a medida daria possibilidade de aumentar o número de vereadores nos municípios e, com isso, fortaleceria a democracia representativa.”Como a gente quer tornar o município foco da vida política administrativa, porque é lá que o povo pode participar mais, então descendo mais aos municípios, estamos tirando o salário dos vereadores. O vereador vai ser uma função de relevância pública, como em vários países. Com isso, podemos aumentar o número de vereadores e aumentar a democracia representativa, porque a gente quer que o povo volte a gostar da democracia representativa”, afirmou.

27 de agosto/Dia do Corretor de Imóveis

27 de Agosto.
Dia do Corretor de Imóveis…
Parabéns a todos os Corretores q como eu abraçaram essa profissão, com muito amor e dedicação!
Parabéns para mim,que pela graça de Deus,tive o meu olhar no futuro!
Agradeço todos os dias a Deus pelo trabalho que me deu, que como forma de agradecimento a ELE eu tento realizá-lo com todo o meu amor, para que minha clientela se sinta segura e feliz!!
Um Abraço a todos!!
Neuma Imobiliária!!
Foto: Bom dia,amigos!!
27 de Agosto.
Dia do Corretor de Imóveis...
Parabéns a todos os Corretores q como eu abraçaram essa profissão, com muito amor e dedicação!
Parabéns para mim,que pela graça de Deus,tive o meu olhar no futuro!
Agradeço todos os dias a Deus pelo  trabalho que me deu, que como forma de agradecimento a ELE eu tento realizá-lo com todo o meu amor, para que minha clientela se sinta segura e feliz!!
Um Abraço a todos!!
Neuma Imobiliária!!