Comissão de Membros do PTN de Salgueiro visita a UPA-E

11025221_369212756616087_3323824006120532989_n

11009986_369212723282757_5901933240288907515_n10930143_369212736616089_7284752442500556387_n10411856_369212746616088_1464742891221274006_nMostrando que o PTN de Salgueiro é um partido que não está preocupado apenas com eleição, e que tão pouco se limita a períodos eleitorais. Mas que vêm buscando ao longo dois seus quase oito anos de atuação em nível local, participar do dia-a-dia da nossa sociedade. Uma Comissão de membros da legenda trabalhista visitou /conheceu na tarde desta terça-feira, dia 24/02 a Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPA-E). Como parte da Ação Externa do partido que consiste em visitar/conhecer as sedes de órgãos, instituições e entidades públicas e privadas, bem como de empreendimentos econômicos e sociais.
A visita se deu na companhia da Diretora Geral da unidade, a Sra. Vanessa de Sá Freitas. Que gentilmente e admirada com a iniciativa do partido, cuidou em mostrar a parte física do prédio, todas as salas e os serviços que compõe o órgão que tem o IMIP como administrador, além de prestar esclarecimentos acerca do funcionamento da UPA-E.
Participaram da Ação Externa que resultou na visita a Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPA-E) na tarde da última terça-feira 24/02, o presidente do partido, Ricardo Oliveira, o 1º tesoureiro, Orisvaldo Matias e os demais filiados, Antonio Alves (Antônio fotografo), Eronildo Freire (Tido), Janicléia Pereira (Bióloga), Fernando Francisco (Mototaxi) e Pedro Delmiro (Pedro do Lanche).
Inaugurada em março de 2014 nos últimos meses da gestão do ex-governador Eduardo Campos, falecido em acidente de avião no dia 13 de agosto durante a campanha eleitoral para presidente da republica, a UPA-E unidade/Salgueiro esta localizada as margens da BR 116 ao lado do 5º Grupamento de Bombeiros, e segundo informações conta com pouco mais de 80 funcionários entre diretos e indiretos e atendimento a 10 especialidades, entre elas: cardiologia, endocrinologia e outras

A luta por um Salgueiro sem crimes começou mais cedo

downloadO Pacto pela Vida não pode ser visto,isoladamente, como o responsável pelo diminuição de homicídios em Salgueiro. Nossa luta contra o crime começou com o assassinato do Pe. José Maria que uniu a população contra todo tipo de pistolagem numa convocação para que fosse banidas certas prática na região.A morte do padre deu sequencia a outras ações de impacto feitas pela sociedade civil e militar.

Escrito por Wilson Monteiro

Prefeito assina manifesto resultante do Seminário Internacional de Compartilhamento de Práticas e Conhecimentos, em Brasília – DF

Políticas da Mulher – O desenvolvimento de políticas de gênero foi prerrogativa para a participação de Salgueiro no projeto Municípios Seguros e Livres da Violência Contra as Mulheres, entre elas, ações transversais dentro da Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, a casa de acolhimento para as vítimas de violência e as quase duas mil casas de programas habitacionais em parceria com a Fundação Nacional de Saúde – Funasa, Programa Minha Casa, Minha Vida e Operações Coletivas, iniciativas que contemplam as mulheres como beneficiárias diretas.

O Conselho da Mulher e a Coordenadoria da Mulher foram, ainda, dois pontos representativos do avanço do município na área. Para o prefeito, a valorização dos bairros distantes do centro é um fator que incide diretamente na criação de uma cultura de paz e, consequentemente, numa maior segurança para o público feminino. “Fazemos muitas obras na periferia: pavimentação, iluminação, coleta de lixo, espaços culturais e de lazer. Hoje, sou extremamente defensor da pavimentação como melhoria da vida do povo. Já calçamos mais de 110 ruas”, explicou.

Dentre alguns dos projetos que refletem no fortalecimento e autonomia das mulheres, Salgueiro conta com o PE no Batente, na área de moda; a oficina anual de confecção de adereços carnavalescos, que potencializa as artesãs locais, qualificando-as e gerando renda, no período carnavalesco e o Anjo Lilás, de enfrentamento das situações de violência e abandono.

11016098_388386954668751_2615209933674953823_nFOTO: Prefeito assina manifesto resultante do Seminário Internacional de Compartilhamento de Práticas e Conhecimentos, em Brasília – DF.

Salgueiro comemora reajuste e perspectiva de concurso público

Salgueiro é um dos primeiros municípios de Pernambuco a conceder o reajuste, além de contemplar o professor com o  PCCR e o Estatuto que amplia os direitos do funcionários. Com o aumento de 13,01% o salário passará de R$ 1.697,39 para R$ 1.917,78. Nesta sexta-feira,os professores de Salgueiro comemoram o reajuste e mais uma conquista que é a previsão de concurso público na Rede Municipal e a sequencia de váriios anos com o pagamento em dia.

Curta um vídeo que motiva os docentes com os avanços  na Rede Pública do Salgueiro!

Escrito por Wilson Monteiro

.

Nemédio questiona e reivindica reaproveitamento das luminárias da Avenida Antônio Angelim

Por: Wilson Monteiro

11025653_374814169357131_820173116497761278_n11025653_374814169357131_820173116497761278_n10422955_359359180902630_3043772657145407214_nO vereador Márcio Nemédio questionou e reivindicou o reaproveitamento da iluminação Antônio Angelim que foi jogado no Parque de Exposição.egundo o parlamentar, há uma localidade para instalação das mesmas.Nemédio concordou com o blog que há um silêncio sepulcral de pré-candidatos a prefeito e vereadores, enfocando que é preciso o debate: “Tem gente que passa os quatro anos longe do povo, quando as eleição se aproximam nascem promessas de todos os tipos”. O vereador tem visitado o município afirmando que é candidato a prefeito em2016 pelo PRB.

1012984_367899870048561_366690396729059066_n

Salgueiro-PE: Empresária tem morte súbita durante a madrugada-Leia o Giro Sertão,destaque regional

260215margarethNas primeiras horas (madrugada) desta quinta-feira (26), familiares e amigos de Margareth Alencar (foto), foram surpreendidos com a triste noticia de sua morte, ocorrido por volta das 01:30h em sua residência. De acordo com as primeiras informações, a Srª Margareth, 58 anos, Gerente do Posto Cachoeira, possivelmente foi vítima de infarto fulminante no interior de sua residência, na Rua Antônio de Sá Araújo, bairro Granja Aurora/Salgueiro. O infarto fulminante, que é uma das principais causas de morte súbita. Após um infarto, o coração pode parar de funcionar por ter sofrido necrose em uma extensa área do seu músculo ou por ter surgido uma arritmia maligna. Em ambos os casos, o coração torna-se incapaz de bombear o sangue adequadamente, levando o paciente ao colapso circulatório, que é uma situação na qual os órgãos e tecidos do corpo não recebem sangue adequadamente. O corpo de Margareth está nesse momento, sendo velado no SAF em Salgueiro, de onde seguira para Cachoeirinha, Distrito de Mirandiba, onde será sepultado por volta das 14h desta quinta. Margareth, deixa marido (Gilson da Celpe) e três filhos. O GIRO SERTÃO compartilha essa falta, e declara luto pelo elo existente com a familia e pela grande falta que ja se faz presente em nossos corações

MENSAGEM DO GIRO SERTÃO:

(Andar com fé é saber que cada dia é um recomeço. É saber que temos asas invisíveis e fazer pedido para as estrelas, voltando os olhos para o céu.

Andar com fé é olhar sem termos as portas desconhecidas com a mão estendida para dar e receber.

Andar com fé é usar a força e a coragem que habitam dentro de nós, quando tudo parece acabado.

Tudo, menos o amor, pois este sempre viverá).


 

Processo Seletivo Prefeitura de Salgueiro

processo-seletivo-prefeitura-de-salgueiro-pe-1424713637O Processo Seletivo oferece 18 vagas para profissionais de níveis fundamental e médio, com remuneração de R$ 1.014,00.

Mais uma oportunidade de emprego é oferecida no estado Pernambuco. A Prefeitura de Salgueiro divulga o edital nº 001/2015 de Processo Seletivo, objetivando o preenchimento de 18 vagas imediatas em cargos de níveis médio e fundamental. O Processo Seletivo será realizado sob a responsabilidade da empresa MGA Concursos.

As inscrições serão efetuadas exclusivamente via internet, através do site www.mgaconcursospublicos.com, no período de 07 de março a 09 de abril de 2015. Os vencimentos mensais pagos aos aprovados será de R$ 1.014,00 para todos os cargos exercidos e jornada desempenhada, que será de 40 horas semanal.

Clique no link e leia mais

http://editalconcursos.com/concursos-abertos/concursos-pe/2015/02/processo-seletivo-prefeitura-de-salgueiro-pe

 

Esperança de gols no Sertão

10615531_752341371540505_7201449821725698332_nManoel José da Silva é um verdadeiro craque e um promessa de muitos.gols.O professor aqui está viabilizando um contato com o presidente do Salgueiro, Clebel Cordeiro,para uma série de testes no Carcará do Sertão.Manoel José é aluno da escola PauloFernando dos Santos.Outra opção que demonstrou interesse pelo atleta foi o Vitória da Bahia, mas como a crise econômica chegou aos esportes, existe há possibilidade de um clube do exterior.

 

Escrito por Wilson Monteiro

SEM TEMPO A PERDER

11001920_752341134873862_2403953254613610385_n10888545_752341661540476_6842389380045390545_n
10256118_752341221540520_4731757389690545277_nJosé Manoel dos Santos,68 anos,casado com Maria de Lurdes Vitorino,pai de seis filhas e morador da Rua Duperron Alencar é funcionário público aposentado do DRE-Governo de Pernambuco é aluno da escola Paulo Fernando do Santos onde faz a 4ª Série é um aluno que não perde tempos na atividades da EJA, sendo um exemplo,pois muitos que estão neste momento nos caminhos da vadiagem podiam está em busca do conhecimento.Parabéns, Sr.Manoel e um grande abraço.Preciamos estimular idosos de todas as idades. John Lennon já dizia: “Enquanto há vida,há esperança”.

Escrito por Wilson Monteiro

Salgueiro comemora dados da ONU sobre queda da violência

deunojornal_20150223O noticiário do Estado pegou de surpresa no bom sentido, a comunidade de Salgueiro, no Sertão Central, com os dados recentes do Pacto Pela Vida, do Governo do Estado, ao apontar uma taxa de homicídios dentro dos padrões estabelecidos pela Organização das Nações Unidas. A reportagem foi publicada no Jornal do Commercio e ganhou repercussão em rádios, portais, blogs e redes sociais de toda região. O JC destacou que o município  foi no passado, símbolo do tráfico de drogas por questão geográfica e pelo fato de estar próxima da área produtora – a região do São Francisco.

Segundo a reportagem, a Organização Mundial da Saúde (OMS), agência subordinada à ONU, classifica como tolerável uma taxa de homicídios de até dez vítimas por cada grupo de 100 mil habitantes. “Acima do índice, a violência passa a ser considerada endêmica no local. Com quase 60 mil moradores, Salgueiro fechou o ano passado com o registro de sete assassinatos, quatro na área urbana e outros três na zona rural, e uma taxa de 10,2”, aponta o jornal.

Salgueiro  também é sede da Área Integrada de Segurança (AIS) com a menor taxa de homicídio de Pernambuco. Para efeito estatístico, o Estado foi dividido em 26 áreas. Formada ainda por outras seis cidades (Mirandiba, Cedro, Verdejante, Serrita, Terra Nova e Parnamirim), a AIS-23 registrou em 2014 a taxa de 11,8. Em 2007, início do Pacto pela Vida, programa de combate à criminalidade cujo principal objetivo é reduzir a ocorrência de assassinatos, a taxa era de 17/100 mil habitantes.

De lá para cá, destaca ainda o texto, Salgueiro experimentou um crescimento econômico, impulsionado pelas vagas de emprego formal, geradas pelas obras da Transposição do São Francisco e da Transnordestina. No auge, foram cerca de oito mil operários em ação e toda uma cadeia direta e indireta de serviços. Atualmente, os canteiros de obra estão desocupados e os trabalhadores, desmobilizados. Mas, como o município não atravessou desarranjo social comum aos centros econômicos, a taxa de homicídio conseguiu ser reduzida em 30%.”

Quem vive em Salgueiro e assistiu ao aquecimento da economia local acredita que o fato dos moradores terem sido capacitados e depois empregados nas obras foi fundamental para fazer a cidade crescer sem que a violência acompanhasse a prosperidade. “Muitos que eram garçons, frentistas ou motoboys foram treinados para aprender a operar máquinas pesadas. Passaram a ter qualificação e carteira assinada, sem precisar se deslocar e ficar longe das famílias. Alguns depois foram convidados para trabalhar em outros locais e seguiram com a Odebrecht (construtora responsável pelas obras e hoje no epicentro da Operação Lava Jato) para outros locais”, relembra Claudney Santos.

Ele voltou a ser garçom após o fim das obras, onde trabalhava como operário. Entre 2007 e 2008, o PIB de Salgueiro saltou de R$ 236 milhões para R$ 290 milhões. Em 2010, como consequência direta do aquecimento da economia local, o município registrou um crescimento de 350% na arrecadação do ISS (imposto cobrado sobre serviços).

Em março, o Pacto Pela Vida completa oito anos. Criado pelo ex-governador Eduardo Campos, por meio da Assessoria Especial para a Segurança Pública e da encomenda de um diagnóstico sobre violência em Pernambuco, com a participação de 16 câmaras temáticas, formada por integrantes dos três poderes e de entidades da sociedade civil organizada, à época do lançamento, o ex-governador anunciou o deslocamento de 177 policiais militares e 28 viaturas para as Áreas Integradas de Segurança do Cabo e de Jaboatão e publicou decreto colocando o sistema prisional em estado de emergência.
Clique na foto para ampliar

Foto: Héliton/InFOTO

A gente fica muito feliz com os dados que estão sendo veiculados. É sinal de que o nosso trabalho vem tendo resultados positivos, afinal é um resultado de uma grande caminhada dos poderes públicos e da sociedade, que vem criando o espírito de paz. Parabenizo as policias e todos que juntos trabalharam e trabalha pelo “Pacto pela vida”, ressaltou o prefeito Marcones Libório.

TCE quer criar padrão de qualidade na educação em municípios de PE

Com o objetivo de melhorar o padrão do transporte e da merenda escolar municipais, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) tem firmado Termos de Ajuste de Gestão com prefeituras de Pernambuco

 

Conselheiro Ranilson Ramos
b22776b075ac95ad7863c465d03ce0faJC Imagem
Com o objetivo de melhorar o padrão do transporte e da merenda escolar municipais, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) tem firmado Termos de Ajuste de Gestão com prefeituras de Pernambuco. Focado principalmente na educação, quem está coordenando a missão é o conselheiro Ranilson Ramos. A ideia, explicou, é eleger municípios em cada região do Estado para que eles sirvam de exemplo para os demais, situados no entorno. Instrumento de controle externo adotado pelo órgão para verificar a boa aplicabilidade do recurso público, o TAG, nesse caso, estipula metas e prazos para que o serviço de educação municipal atenda a um padrão de qualidade aceitável. O descumprimento do acordo prevê a aplicação de multas.

Os TAGs para a educação municipal foram adotados sistematicamente a partir de resolução do TCE de 2013. Até o momento, porém, Ranilson Ramos só celebrou TAGs com três prefeituras: Ipojuca, Tacaimbó e Agrestina. Ipojuca teve a TAG aprovada com ressalvas em fevereiro último. Segundo relatório do TCE, o prefeito Carlos Santana, do PSDB, só deixou de cumprir uma ação do termo, entre 12 itens propostos relativos ao transporte escolar. As medidas corretivas previam que o município designasse uma equipe de fiscalização do serviço, implantação de uma sala de controle e monitoramento, ouvidoria, informações completas sobre a empresa contratada e os motoristas cadastrados e implantação de GPS nos veículos etc.

As outras duas ainda não foram apreciadas pela câmara de contas. A prefeita de Tacaimbó, Sandra Lúcia Freire Aragão (PSD), assinou o documento em novembro de 2013, que previa uma vistoria em todas as escolas, levantamento do quantitativo de merendeiras que participariam de capacitação, elaboração de cronograma de licitação para contratação da empresa responsável pela merenda. Segundo Ranilson, para o prefeito de Agrestina, Thiago Nunes (PDT), o TCE também exigiu melhorias na merenda e rede física das escolas. O termo foi assinado em fevereiro de 2014.

“É mais pedagógico que punitivo. Só que com metas e prazos. E, caso não haja cumprimento, pode trazer prejuízo ao prefeito. Os TAGs nascem de situações  críticas, a partir de  auditorias e fiscalizações pontuais”, disse o conselheiro. O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco, o prefeito José Patriota (PSB), vê a iniciativa com bons olhos. “Só é preciso observar a causa, se uma consequência da administração direta do gestor ou externa a ele, como falta de receita ou herança ruim de outras gestões”, pontuou.

A virada de Salgueiro

Cidade no Sertão de Pernambuco afastou fama de “capital do Polígono da Maconha” e hoje possui taxa de homicídios dentro dos padrões da ONU.

 

 

Jorge Cavalcanti

Especial para o JC

Salgueiro fica a 509 quilômetros do Recife, no Sertão de Pernambuco / Diego Nigro/JC Imagem

Salgueiro fica a 509 quilômetros do Recife, no Sertão de Pernambuco

Diego Nigro/JC Imagem

“Quando comecei a trabalhar aqui, Salgueiro era o que a gente podia chamar de terra sem lei. Era a polícia de um lado, os bandidos do outro e os poucos negociantes ficavam no meio, servindo os dois lados. Com o passar dos anos, as coisas avançaram. Pode perguntar a qualquer morador. Uns mais, outros menos, mas todos vão dizer que tudo está melhor por aqui, inclusive a segurança.” O testemunho é do empresário José Carlos Silva Saraiva, 47 anos. Com a experiência de quem há 27 anos gerencia uma rede de postos de gasolina e restaurantes, Carlinhos, como é mais conhecido, assistiu de perto à transformação pela qual passou o município sertanejo. Distante 509 quilômetros do Recife, Salgueiro deixou para trás a nada honrosa alcunha de “capital do Polígono da Maconha” para ser a única cidade pernambucana de médio ou grande porte dentro dos parâmetros da Organização das Nações Unidas (ONU) para a análise da taxa de homicídios.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), agência subordinada à ONU, classifica como tolerável uma taxa de homicídios de até dez vítimas por cada grupo de 100 mil habitantes. Acima do índice, a violência passa a ser considerada endêmica no local. Com quase 60 mil moradores, Salgueiro fechou o ano passado com o registro de sete assassinatos, quatro na área urbana e outros três na zona rural, e uma taxa de 10,2. O município também é sede da Área Integrada de Segurança (AIS) com a menor taxa de homicídio de Pernambuco. Para efeito estatístico, o Estado foi dividido em 26 áreas. Formada ainda por outras seis cidades (Mirandiba, Cedro, Verdejante, Serrita, Terra Nova e Parnamirim), a AIS-23 registrou em 2014 a taxa de 11,8.

Em 2007, início do Pacto pela Vida, programa de combate à criminalidade cujo principal objetivo é reduzir a ocorrência de assassinatos, a taxa era de 17/100 mil habitantes. De lá para cá, Salgueiro experimentou um crescimento econômico, impulsionado pelas vagas de emprego formal geradas pelas obras da Transposição do São Francisco e da Transnordestina. No auge, foram cerca de oito mil operários em ação e toda uma cadeia direta e indireta de serviços.

Atualmente, os canteiros de obra estão desocupados e os trabalhadores, desmobilizados. Mas, como o município não atravessou desarranjo social comum aos centros econômicos, a taxa de homicídio conseguiu ser reduzida em 30%. Quem vive em Salgueiro e assistiu ao aquecimento da economia local acredita que o fato dos moradores terem sido capacitados e depois empregados nas obras foi fundamental para fazer a cidade crescer sem que a violência acompanhasse a prosperidade.

“Muitos que eram garçons, frentistas ou motoboys foram treinados para aprender a operar máquinas pesadas. Passaram a ter qualificação e carteira assinada, sem precisar se deslocar e ficar longe das famílias. Alguns depois foram convidados para trabalhar em outros locais e seguiram com a Odebrecht (construtora responsável pelas obras e hoje no epicentro da Operação Lava Jato) para outros locais”, relembra Claudney Santos. Ele voltou a ser garçom após o fim das obras, onde trabalhava como operário. Entre 2007 e 2008, o PIB de Salgueiro saltou de R$ 236 milhões para R$ 290 milhões. Em 2010, como consequência direta do aquecimento da economia local, o município registrou um crescimento de 350% na arrecadação do ISS (imposto cobrado sobre serviços).

O plantio de maconha na região ainda é uma realidade. Como um batalhão da Polícia Militar e uma delegacia da PF têm sede no município, porém, as quadrilhas preferem cultivar roças da planta em outras cidades do Polígono, como Floresta, Belém de São Francisco, Cabrobó, Orocó e Santa Maria da Boa Vista. Salgueiro tem servido mais como rota de passagem para a distribuição da droga.

GALERIA DE IMAGENS

José Carlos Saraiva diz que crescimento econômico ajudou Salgueiro a melhorar segurança
Legenda
Anteriores