Defensoria Pública de PE muda edital de concurso e oferece salário ainda maior

A Defensoria Pública de Pernambuco anunciou alterações no concurso para o cargo de defensor público em carreira inicial. As mudanças ocorrem no número de vagas, na remuneração e no conteúdo programático. O salário oferecido para os futuros profissionais passa de R$ 17.400 para R$ 21.649.
De acordo com o órgão, a reserva de vagas para pessoas com deficiência foi disposta de forma errônea. Sendo assim, agora, das 50 oportunidades de trabalho, três são destinadas para pessoas com deficiência.
A alteração no salário também foi necessária para que não houvesse diferença de remuneração entre pessoas que já ocupam o mesmo cargo. Os defensores ainda têm direito a auxílio alimentação e eventual gratificação por acumulação.
O conteúdo programático também foi divulgado de forma errada. Anteriormente, o interessado precisava ter conhecimento sobre o Regime Jurídico Único dos Servidores Público Civis do Estado de Alagoas. Quando, na verdade, o pedido no concurso é o Regime Jurídico Único dos Servidores Público Civis do Estado de Pernambuco.
A Defensoria Pública de Pernambuco garante que as inscrições não sofrerão com as alterações. Elas ocorrem até as 18h da segunda-feira (23). A taxa custa R$ 270.

Fonte: G1

Seja social, Compartilhe!